babels logo
| | | |
Agenda
+ Babels meetings

Event-related
+ European SF
+ World Social Forum
+ FAME 2012 Alternative World Water Forum
+ Babels Intl. Meeting
+ Archives

Localised
+ Egypt
+ Nederland
+ Argentina
+ Brasil
+ Colombia
+ France
+ Italia
+ México
+ Perú
+ Uruguay
+ Tunisie

Long-term
+ Interpretation equipment
+ SitPrep didactic DVDs
+ Transtrad
+ Lexicons

Participate with Babels!
+ Deutsch
+ English
+ Español
+ Français
+ Italiano
+ Português
+ ελληνικά
+ Pусский
+ Română
+ Hrvatski
+ Magyar
+ Nederlands
+ Polski
+ Català
+ Latviešu


 Página inicial do sítio > Event-related > World Social Forum > World Social Forum 2005 > INFO Bulletins

[ en es fr pt ]

INFO 4

Orçamento
(Data: 9 de Novembro de 2004)

Como funciona o orçamento para tradutores? De onde vem? Como e quem pode gastar?

O orçamento geral do Fórum Social Mundial (FSM) vem da ajuda do governo, doações de várias organizações e, sem dúvida, de delegações de países desenvolvidos e organizações que queiram realizar atividades durante o Fórum. Certamente esse orçamento é provisório e sempre sujeito a mudanças.

Embora a Babels e a Nomad sejam projetos realizados por voluntários, que não recebem por esse trabalho, há um orçamento destinado à tradução. Ao contrário dos outros, não é feito para se pagar por um serviço prestado, mas para permitir que as pessoas trabalhem e pensem em conjunto em tantos idiomas quanto forem necessários durante o FSM, visando facilitar a troca de idéias.
Nesse FSM há cerca de 10 línguas, em vez das quatro normalmente usadas.

Propiciar a interpretação para o FSM tem um custo que anda de mãos dadas com certas decisões políticas, tais como garantir a mistura geográfica. Foi decidido que o FSM deveria acolher voluntários do mundo todo. A prioridade seria dada às Américas (do Alasca até a Argentina), seguidas pela África, Ásia e Oriente Médio, e por fim a Europa.

As salas equipadas para a interpretação também têm um gasto: teremos que comprar equipamentos para as cabines, sistema de som, etc... E com a política de termos interpretações não apenas nas salas grandes, mas também em várias salas menores as despesas serão maiores.

A Babels e a Nomad foram incluídas juntas com o Programme Workgroup do International Council, o Comitê Organizador Brasileiro e demais grupos de trabalhos para acharem soluções práticas para essas questões. Então propusemos um orçamento para interpretação no FSM que irá respeitar o princípio de solidariedade.

Este ano calculamos que precisaríamos de US200, 00, em média, por pessoa. Quer dizer, pretendemos gastar o menos possível para que possamos convidar voluntários de lugares mais distantes. Sempre que tivermos alguém de Porto Alegre, ou quando voluntários vierem do Uruguai ou Argentina, em ônibus especiais da Babels (se é que isso é possível) ou ainda, se pudermos achar casas que os hospedem em vez de ficarem em hotéis mais caros, o dinheiro economizado será usado para aqueles provenientes do Kênia, Senegal, Colômbia, Índia, Turquia, etc...

É assim que iremos trabalhar.
Vejo vocês em Porto Alegre.
Traduzido por Lia Abreu Machado

++ Information (FSM2005 Orçamento):
- Forum Babels
- Website Babels

 
Versão para imprimir Versão para imprimir

Na mesma rubrica

logo_spip firefox css xhtml | Área privada problemes | Mapa do sítio | top