babels logo
| | | |
Agenda
+ Babels meetings

Event-related
+ European SF
+ World Social Forum
+ FAME 2012 Alternative World Water Forum
+ Babels Intl. Meeting
+ Archives

Localised
+ Egypt
+ Nederland
+ Argentina
+ Brasil
+ Colombia
+ France
+ Italia
+ México
+ Perú
+ Uruguay
+ Tunisie

Long-term
+ Interpretation equipment
+ SitPrep didactic DVDs
+ Transtrad
+ Lexicons

Participate with Babels!
+ Deutsch
+ English
+ Español
+ Français
+ Italiano
+ Português
+ ελληνικά
+ Pусский
+ Română
+ Hrvatski
+ Magyar
+ Nederlands
+ Polski
+ Català
+ Latviešu


 Página inicial do sítio > Localised > Brasil > Rio de Janeiro

[ pt ]

Reunião babels em Porto Alegre

(Data: 7 de Dezembro de 2004)

Ata da Reunião de Babels em Porto Alegre, por Erica

Encontro Babels em POA

Data: de 10 a 15 de novembro de 2004.

Local: escritório do Fórum Social na Usina do Gasômetro.

Presentes: representantes do Rio, São Paulo, Porto Alegre, Argentina, Uruguai, Peru, Chile, França (Europa), Goiânia.

Pauta: apresentação do projeto Babels, apresentação do projeto Nomads, discussão acerca de problemas e dificuldades, elaboração da proposta Babels para o FSM 2005, promoção de oficinas, organização logística para o FSM 2005.

Evento paralelo:reunião do Comité Organizador Internacional.

Projeto Babels

São nossos compromissos políticos não negociáveis:

  • Trabalho conjunto com Nomads [1], não somos prestadores de serviços para os fóruns, mas uma rede de militância política que acredita na centralidade da linguagem na construção de alternativa a uma ordem política e social,
  • Trabalho exclusivamente voluntário,
  • Igualdade e equidade entre os membros,
  • Promoção de diversidade lingüística,
  • Promoção de “efeito multiplicador” entre os membros,
  • Mobilização de novos membros,
  • Construção de uma memória oral dos fóruns,
  • Prioridade aos pequenos espaços de diálogo,
  • Construção de glossários abertos.

Problemas e dificuldades atuais: orçamento, Solidarity Network, derrota eleitoral do PT em POA (= perda de apoio de infra-estrutura, logística, receptivo, espaços físicos, etc.), relação com os mercador locais de interpretação, grau de compromisso dos voluntários, relação qualidade/quantidade, necessidade de tradução escrita, baixo número de voluntários em POA, limitações para hospedagem, copyleft.


Proposta Babels/Nomads para o FSM de 2005 em POA

Cada um dos 11 eixos temáticos + Acampamento da Juventude receberão

- 1 sala grande para 600 pessoas com 5 cabines (PT, EN, ES, FR + não colonial/rara)
- 1 sala média para 300 pessoas com 3 cabines (PT, EN, ES ou FR)
- 1 sala pequena para 100 pessoas com 2 cabines (PT e EN ou FR ou ES)

Três turnos de interpretação: 9 -13, 14 – 18; 19 – 11 (?)
“Flying interpreters”: duas equipes de 3 cabines com equipamento móveis
Inclusão de línguas não coloniais/rara: árabe, hindi, japonês, coreano, italiano, alemão, russo, turco, hebraico.

Oficinas

Durante nossa estada em POA, promovemos oficias de treinamento em tradução simultânea, consulta e modificação do banco de dados, construção e expansão da página Babels-Brasil, geração da memória da interpretação, construção de glossários on-line (projeto lexicon). Também aproveitamos para fazer a primeira orientação dos voluntários de POA.

Logística e planejamento para o FSM de 2005

Começamos a debater como fazer nossa organização para o evento, lembrando que não somos apenas provedores de serviços de tradução para os fóruns, mas somos parte do movimento, assim como Greenpeace, Caritas, Jubileu 2000, etc.
Nossa organização foi dividida em áreas distintos com tarefas e objetivos específicos, contando com uma coordenadoria própria. No entanto, seguindo os princípios de “empowerment” do nível local, transparência e construção de consenso, cada região deverá reunir seus membros, debater propostas e transmitir suas eventuais decisões às coordenadorias globais. Exemplo, os grupos regionais (Rio, SP, BsAs, Urug, Europa, etc.) transmitem à coordenadoria HOSPEDAGEM suas respectivas necessidades e decisões. Foram criadas as seguintes coordenadorias:

    • SELEÇÃO
    • TREINAMENTO
    • PLANEJAMENTO/ALOCAÇÃO
    • TRANSPORTE
    • HOSPEDAGEM (coordenado em POA)
    • ACOLHIDA (coordenado em POA)
    • ORGANIZAÇÃO DOS EVENTOS BABELS
    • MEMORIA
    • LEXICON
    • WEBSITE

- SELEÇÃO (Bruno, BR-POA, Monica, Chile, e Laurent, França)

Dos quase 3000 já inscritos, serão selecionados de cerca de 500 voluntários, sendo pelo menos 400 deverão estar capacitados à interpretação. O restante desempenhará funções logísticas. As listas de intérpretes e de agentes de logísticas serão encaminhadas por cada região aos responsáveis globais.

- TREINAMENTO
Trata-se mais de uma troca de experiências de treinamento desenvolvida pelas diversas regiões. Não haveria, a princípio, uma coordenação centralizada, mas um debate aberto no site.

- PLANEJAMENTO/ALOCAÇÃO (Yan, França, Erica, BR-Rio, e Luciana, Uruguai)
Após a divulgação da programação dos eventos, os intérpretes serão distribuídos às 120 cabines conforme área de interesse e perfil linguístico. Os voluntários receberão por email sua programação pessoal cerca de uma semana antes da chegada à POA. Esclarecemos que, dos três turnos diários de interpretação, os intérpretes trabalharam somente dois. Nos espaços poderão participar dos demais eventos, passear ou simplesmente descansar.
Nossa intenção é formar duplas de intérpretes que trabalhariam sempre juntos, na mesma sala e mesmo eixo temático. Quando possível, buscaremos colocar um intérprete mais experiente junto com um de pouca experiência. Os voluntários terão cerca de duas semanas para informarem por email seus eixos de preferência (dezembro).
Como as atividades do forum ocorrem durante 4 dias, faremos uma troca de duplas, salas e eixos temáticos a partir do terceiro dia. Buscaremos também diversidade na composição das duplas de forma a permitir troca de experiências, contatos com pessoas de outras origens, diferentes sotaques, etc. Por exemplo, um chileno e um cubano na cabine de espanhol, um canadense e um belga na cabine de francês, etc. Ressaltamos que, apesar dessas regras não serem totalmente absolutas, expressam o paradigma político da Babels.

- TRANSPORTE (Laurent, França, e Graziela, BR-SP)
Com a resposta e confirmação da SELEÇÃO, a equipe de transporte providenciará os translados. Em linhas gerais, os grupos da Argentina e Uruguai irão à POA de ônibus, o restante de avião. Recomendamos que os que viajarão de ônibus e de vôos de longa distância cheguem à cidade no dia 24 para descansarem. Voluntários que farão viagens curtas em avião deverão chegar à cidade dia 25.

- HOSPEDAGEM (responsável a ser definido)
Será oferecido hospedagem em hotel categoria simples ou econômico com acomodação tripla. Devido à limitação orçamentária, incentivamos a adesão ao programa de hospedagem solidária. A princípio, cada região receberá cotas para organizar sua própria alocação de hospedagem. As listas deverão ser encaminhadas ao coordenador global. Os voluntários sairão de suas cidades de origem com o endereço de sua acomodação.
Gostaríamos também de incentivar a divisão de custos de acomodação de hotel entre os que rejeitam a opção de hospedagem solidária.

- ACOLHIDA (Jean, BR-POA)

Devido à derrota do PT em POA, a futura administração ainda não se comprometeu de forma definitiva quanto à infra-estrutura de acolhida em aeroportos, linhas de ônibus exclusivas para o Forum, etc. Incentivamos, portanto, o uso de transporte público do aeroporto até o centro (linha T5 até o Shop. Praia de Belas, R$ 1,60) ou o racha de custos de taxi (R$ 20,00).
Na chegada, todos deverão ir até a Central Babels na Usina do Gasômetro para credenciamento, recebimento de material de informação, programa dos eventos, mapas da cidade, coupons de almoço, eventual encaminhamento, etc. A Central Babels contará com computadores com acesso à Internet, espaço para descanso, água, café, telefones, etc. Haverá espaços semelhantes nos territórios de realização de eventos do Forum (campus da UFRS e nos Armazéns).

- ORGANIZAÇÃO DOS EVENTOS BABELS (nome a ser definido)

Como somo uma organização do FSM, promoveremos nossa própria atividade. O debate encontra-se aberto em relação a temas: diversidade linguística, neologismo, proteção a línguas nativas, novas tecnologias, etc. Provavelmente ocorrerá no dia 26.

- MEMÓRIA (Stéphanie, França)

Além de ser transmitida em FM e pela Internet, a interpretação será gravada digitalmente e será disponibilizada pela Internet em servidores de três continentes. Para que isso seja possível, todos os voluntários deverão assinar um declaração de copyleft. Os nomes dos intérpretes não serão divulgados.

- LEXICON

Trata-se de um projeto contínuo de construção de glossários e léxicos on-line para uso gratuito. Gostaríamos de contar com uma maior contribuição da língua espanhola e português.
WEBSITE (Luis Gustavo, Br-SP)

O site da Babels é multilingüe. No entanto, a parte em português é praticamente inexistente. Gostaríamos de aumentar nossa presença nesse sentido.


Outras pendências

- Certificados: todos receberão um certificado de participação. Intérpretes profissionais que desejem comprovação de horas em cabines para fins de APIC, AIIC, etc, deverá encaminhar seu pedido ao responsável pela acolhida.

- Equipamento Nomads: nos dias 25 e 26 os intérpretes poderão fazer sessões de teste do equipamento nas respectivas salas de eventos de forma a conhecerem o equipamento.

- Per diem: não haverá pagamento diárias nem reembolso de despesas como corridas de taxi, refeições, etc. Os voluntários receberão tickets válidos nos refeitórios, lanchonetes e restaurantes dentro dos territórios do forum.

[1Projeto Nomads: desenvolvimento de software livre, transmissão FM, registro e difusão da interpretação, construção e montagem de equipamentos conforme os princípios da Economia Solidária, trabalho em conjunto com Babels.

 
Versão para imprimir Versão para imprimir

Na mesma rubrica

logo_spip firefox css xhtml | Área privada problemes | Mapa do sítio | top